[Leitura Semanal] – Suiiki #1

PostopMinha vida parece muito mais completa depois dessa leitura…
Em uma das minhas maravilhosamente tediosas viagem pelo reino sagrado da internet, acabei caindo num Eldorado dos mangá’s na qual chamam de Fuji Scans, um lugar mágico com histórias fascinantes em que eu não conhecia, lá, por ironia do destino, encontrei Suiiki, um mangá deveras refrescante.

Quando comecei a leitura foi bastante descompromissado, a história não tinha nada de interessante, mas me prendia de um jeito que só lendo para entender, era tudo muito simples, inclusive a arte, é tudo tão simples que não consegui tirar qualquer tipo de crítica negativa, é como uma massagem para os olhos e a mente. Porém…! A história começou a ganhar prumo e a desenvolver-se. Pode conter spoiler daqui para frente.

Inter

“Há tempos não chove, o população deve economizar água o máximo possível, até os estudantes do grupo de natação não puderam encher suas piscinas.”

Num período de escassez d’água, a protagonista, que não tem cara de protagonista e nem carisma de um personagem de mangá, está correndo às ordens do professor de natação, até porque eles não podem encher as piscinas. Tentando terminar logo as voltas preditas pelo professor, ela acelera os passos e acaba tendo um colapso, indo ao chão.
Quando abre os olhos, gotas d’água caem em seu rosto, ao seu lado, um rio. Perto dali havia um vilarejo, mas não houve tempo de explorar, rapidamente acordou e percebeu que tudo não passava de um sonho.

I1O mangá é incrivelmente gostoso de se ler, é refrescante, está sendo uma característica nunca atribuída à um mangá antes, a sensação é de que o rio está subindo, enchendo o chão da sua casa e aumentando o nível d’água até eu ficar imerso na água e no relaxamento. Uma dica é ler como fiz, peguei a trilha sonora do filme “Kotonoha no Niwa – O Jardim das Palavras“, baseada em um leve som de piano com violinos e violoncelos muito agradável que mistura a sensação de alegria com tristeza, se encaixando em todas as cenas do mangá (Clique aqui para a trilha sonora).

I2Hoje li o primeiro volume completo, bem grandinho, a minha tarde inteira numa vontade irresistível de largar tudo e me jogar num rio qualquer, agora voltando para a história: Durante o banho, Chinami, a protagonista, pegou num sono novamente indo até o rio novamente e conhecendo um garoto chamado Sumio e o seu pai (Que tem cara de avô), mais uma vez acordando com a mãe a chamando, pelo que eu entendi, Chinami tinha adormecido e ficou imersa na banheira. Ela contou toda a história para a sua mãe e sua avó e logo começa o plot emocionante.
Um conjunto de flashbacks, a construção de uma família feliz, um romance esperançoso e promissor, o amor à vila demonstrado por cada morador, reflexões à beira do rio, a lenda do Dragão do rio, revoluções e uma trágico resolução.
Realmente, a melhor coisa que aconteceu na minha vida foi ler Suiiki, uma sensação feliz e triste ao mesmo tempo, uma nostalgia de algo que nunca se teve…

Farei um breve resumo dos flashbaks:

Kiyo, guardou de seu grande amigo que foi à guerra uma esfera sagrada que, de acordo com a lenda, protegeu a vila de vários desastres, esfera esta originada do deus Dragão que habita a cachoeira do rio, numa parte tão funda que não se dá para ver o fundo. Ela esperou todos os dias, a cada estação até a noticia de que a guerra acabou, como tinha feito uma promessa de devolvê-lo quando voltar, ficou bastante animada.
Logo em seguida, seu pai lhe contou que há muitas mulheres trabalhando na vila, e que Kiyo deveria ir à cidade e abandonar a vila que tanto ama, ou casar-se, sendo que, tendo em vista sua promessa, ela se ofereceu para fazer até o trabalho dos homens, que lhe desse um pouco mais de tempo.
As estações passaram, em frente a cachoeira ela diz: “Você… Não vai voltar nunca? O que eu vou fazer se você não retornar? Eu sou uma desafortunada, não é?” Enquanto segura a esfera com as duas mãos e as lágrimas escorrem as suas bochechas. Até que uma voz que vem de trás responde: “Eu te disse que viria, não disse?” Devolvendo, então, depois de uma conversa e pedidos de desculpas, a esfera.
Tatsumi, o rapaz, contou a história de sua mãe, que se casou no dia em que seu pai lhe presenteou com a esfera do dragão, logo então estendendo a mão com ela em cima para Kiyo: “Você não vai querer a esfera de volta?”

I3

A relação dos dois resultam um garoto esperto e gentil chamado Sumio, o mesmo que Chinami encontrou em seus sonhos. A sua avó é a mãe do garoto.
Depois dessas revelações do passado, os mistérios dos sonhos de Chinami passam a parecer maiores e quanto mais é esclarecido, mas misterioso, confuso e refrescante fica. 

E é isso leitores, essa foi a primeiríssima edição da coluna, semana que vem começa a segunda parte, falando do segundo e último volume do mangá, espero que leiam o primeiro para acompanharmos e discutirmos o segundo juntos, Suiiki é um mangá muito pouco comentado e muito pouco conhecido entre os fãs de animes e mangá, e uma obra em potencial desta deve ser exposta por alguém, e esse cara sou eu! Próxima postagem uma analise mais aprofundada do primeiro volume e uma conclusão com o segundo.

Por ddupb.

2 comentários sobre “[Leitura Semanal] – Suiiki #1

  1. E morreu… q

    Já pode cobrar o autor pela divulgação KKK ok, brincadeira.
    Realmente nunca tinha ouvido falar desse mangá. E se não fosse você provavelmente nunca ouviria, porque já não lia muitos mangás, agora que estou com pouco tempo livre, quase não lerei nenhum mesmo. Apesar de simples, já me deu a sensação de ser uma série bem atrativa. Farei o possível pra ler no fim de semana.
    E parabéns pelo site! Estarei acompanhando sempre 😀

No céu tem pão?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s